info@antoniosacavem.com 211 582 177

Regulamento da Formação

Por favor, leia atentamente.

A Followingreat, Lda. (detentora das marcas Leadership and Communication Academy, Microexpressões Faciais e Linguagem Corporal) é uma entidade dinâmica e polivalente que aposta na formação, coaching e mentoring em Comunicação Humana Integrada (Verbal e Não Verbal).
O presente Regulamento da Formação foi concebido a pensar em si, visando o bom funcionamento da formação. Na nossa empresa vai encontrar um ambiente de trabalho e de formação agradável e saudável, que lhe permitirá desenvolver as suas competências de Comunicação, com o auxílio de profissionais especializados.

Formas e Métodos de Inscrição e Seleção dos Formandos

1. Os candidatos que pretendam frequentar um dos nossos cursos podem, a qualquer momento, realizar a sua pré-inscrição por e-mail, telefone ou através do formulário de pré-inscrição disponível do nosso site. Após este primeiro contacto, são enviadas por e-mail, a cada interessado, a ficha de inscrição, o programa do curso e o presente regulamento da formação.
2. Para formalizar a sua pré-inscrição, o candidato deverá remeter a ficha de inscrição devidamente preenchida.
3. Este processo, que se pode considerar ainda de pré-inscrição, só se efetiva em inscrição após seleção dos candidatos pela Coordenação do curso.
4. Os formandos serão sempre selecionados de acordo com o perfil de enquadramento definido para cada curso, caracterizado no respetivo programa do mesmo, sendo que, de modo geral, a seleção dos formandos é efetuada, tendo em conta: as qualificações académicas do candidato, data de nascimento, motivos evocados para a frequência do curso e data de inscrição. De forma concreta o processo de seleção traduz-se nas seguintes fases:
• Receção das inscrições e da documentação necessária ao processo de inscrição;
• Análise do perfil do candidato de acordo com o perfil de enquadramento definido e preenchimento do Mapa de Seleção dos Formandos, no qual cada candidato é classificado em função dos critérios de seleção definidos para o curso em questão, sendo que os critérios de classificação serão sempre definidos previamente em função da especificidade do projeto formativo.
5. A seleção dos formandos é comunicada aos mesmos no mais curto espaço de tempo possível, por escrito e por telefone.
6. Em caso de situação de empate, constitui critério de ordenação dos candidatos a ordem de chegada das inscrições.
7. Uma vez selecionado o candidato, a sua inscrição só será considerada válida, após o pagamento e a receção do respetivo comprovativo. O pagamento é feito através de transferência bancária.
8. O processo de inscrição culmina com celebração de um contrato de formação profissional, que reitera as condições de frequência do curso pelo formando.
9. Em todo o processo é assegurada a confidencialidade de toda a informação facultada pelo candidato, sendo que essa informação se destina exclusivamente a ser utilizada para fins da formação.

Direitos dos Formandos

Os formandos têm direito a:
1. Participar na ação de formação e receber os ensinamentos em harmonia com o programa, metodologias de trabalho definidos e divulgados.
2. Receber toda a documentação disponibilizada referente ao curso frequentado.
3. Receber, no final do curso, um certificado de formação profissional nacional e internacional (quando aplicável), estando este condicionado à frequência do curso (desde que não tenha sido excedido o limite de faltas), à obtenção de aproveitamento na avaliação realizada (quando aplicável) e à regularização dos pagamentos devidos.
4. Faltar às sessões de formação, sem perder direito à permanência no curso, desde que o total de faltas não exceda 10% da duração total do curso, exceto quando expressamente indicado outro critério.
5. Reclamar sobre quaisquer anomalias que no seu entender prejudiquem os objetivos da formação, sendo esta reclamação ou queixa apresentada de forma livre ou no Livro de Reclamações.
6. Recusar a realização de atividades que não se insiram no objeto do curso.
7. Ver garantida a confidencialidade dos dados pessoais fornecidos no processo de inscrição.
8. Durante o período da formação, estar coberto por uma apólice de seguro de acidentes pessoais, nos casos em que é responsável pelo pagamento do curso.

Deveres dos Formandos

Os formandos ficam obrigados a:
1. Frequentar com assiduidade e pontualidade a ação da formação, visando adquirir os conhecimentos que lhes forem ministrados.
2. Tratar de forma cordial e com urbanidade os elementos que representam e trabalham na e para a nossa empresa.
3. Cumprir com o pagamento do valor total do curso, de acordo com as condições definidas.
4. Consultar-nos sempre que existirem questões pertinentes, tendo direito ao respetivo esclarecimento.
5. Prestar provas de avaliação, se tal for solicitado e caso seja aplicável.
6. Utilizar com cuidado e zelar pela boa conservação dos equipamentos e demais bens que lhe sejam confiados para efeitos de formação.
7. Abster-se da prática de qualquer ato donde possa resultar prejuízo ou descrédito para a nossa formação.
8. Abster-se de utilizar o telemóvel durante as sessões de formação.
9. Assinar e cumprir o contrato de formação.

Deveres da Followingreat, Lda.

Compete-nos:
1. Fornecer documentação de apoio relativa a cada curso.
2. Elaborar os elementos de registo constantes do dossier técnico pedagógico.
3. Disponibilizar instalações, equipamento e material pedagógico adequado que permitam garantir a qualidade da formação.
4. Apreciar relatórios, reclamações e sugestões que nos sejam apresentados, tendo em vista a melhoria do sistema relativo à formação.
5. Supervisionar e acompanhar o cumprimento do programa de cada curso.

Assiduidade e Pontualidade

1. São justificadas as faltas que o formando vier a dar desde que devidamente justificadas.
2. Todas as faltas devem ser justificadas através de documento comprovativo, contudo, tal documento não serve para efeitos de anulação da falta.
3. Tendo a formação um caráter presencial tem associada uma tolerância permitida de 10 minutos após o seu início.
4. Para obtenção do Certificado de Formação Profissional e da Certificação Internacional do Center for Body Language International (quando aplicável), o número de faltas não deverá ultrapassar os 10% do total de horas do curso, exceto quando expressamente indicado outro critério.

Interrupções e Possibilidade de Repetições de Cursos

1. No caso da interrupção de um curso, por motivos de força maior imputáveis à nossa empresa, comprometemo-nos a empreender todos os esforços para retomar o projeto formativo com a maior brevidade possível. Para os formandos que estejam impossibilitados de frequentar o curso nas novas datas, é-lhes dada a possibilidade de integrar uma nova ação do curso que esteja ou venha a ser calendarizada.
2. Nos casos em que seja um formando a interromper o curso, este só poderá reingressar numa nova ação de formação do curso, caso não tenha excedido o número de faltas permitido e desde que suporte os custos acrescidos definidos para a nova inscrição.
3. No que respeita à possibilidade de repetição de cursos, a Coordenação da Formação analisará caso a caso, se tal se mostra possível e em que circunstâncias, pelo que reunir-se-á com o formando no sentido de analisar a situação e obter uma decisão.

Condições de Funcionamento |Rescisão de Contrato |Devoluções

1. A definição do horário da formação será por nós definida, bem como a sua eventual alteração, sendo que o mesmo será atempadamente divulgado em caso de alteração.
2. O local da formação será por nós indicado, constando do contrato de formação a celebrar com o formando.
3. Nas situações em que sejamos obrigados a alterar os horários ou locais de realização da formação, comprometemo-nos a avisar os formandos até 24 horas de antecedência. Caso esta situação se verifique incompatível para o participante, comprometemo-nos a devolver a importância cobrada ou a aplicá-la em outra inscrição se esse for o desejo do participante.
4. A realização dos cursos encontra-se condicionada a um número mínimo de inscrições, pelo que reservamo-nos no direito de cancelar ou adiar a realização das ações de formação, caso o número de participantes inscritos seja insuficiente, havendo nesse caso devolução do valor da inscrição na totalidade, sempre que os participantes demonstrem interesse em não aguardar pelo início do curso.
5. Reservamo-nos no direito de rescindir o contrato, caso se verifique inobservância das regras estabelecidas neste regulamento e/ou no contrato de formação feito com os formandos. A rescisão do contrato será comunicada pela Coordenação da Formação ao formando através de e-mail, tornando-se efetiva no dia seguinte ao da sua expedição.
6. Em caso de desistência do formando, comunicada até 11 dias antes da data de início do curso, por via escrita, será restituído o total do valor da inscrição ao mesmo. Caso a desistência ocorra nos 10 dias anteriores ao início efetivo do curso ou no decorrer do mesmo, o formando não terá direito à devolução do valor já pago até essa data. Esta condição é igualmente aplicada nos casos em que o formando realize a sua inscrição nos 10 dias anteriores ao início efetivo do curso.

Critérios e Métodos de Avaliação da Formação

1. A metodologia de avaliação das aprendizagens dos participantes na formação é definida em particular para cada projeto formativo, em articulação com os objetivos pedagógicos definidos para o mesmo, encontrando-se devidamente explicitado no Programa do Curso.
2. No final da formação será atribuída ao formando uma classificação final qualitativa, de acordo com a seguinte escala de avaliação: “Aprovado” | “Não Aprovado”.
3. Em termos da metodologia de avaliação do projeto formativo, esta assume duas configurações: 1) os participantes da formação avaliam o projeto, através de inquérito por questionário, quando terminam a ação de formação e 2) os formandos avaliam o projeto, em termos da sua pertinência, aplicabilidade e eficácia num processo de acompanhamento pós-formação realizado 3 a 6 meses após a finalização do mesmo.

Certificação

1. No final do curso, aos formandos será emitido um Certificado de Formação Profissional, de acordo com a Portaria 474/2010 de 8 de julho.
2. Nos cursos de Certificação Internacional, os formandos recebem o Certificado do Center for Body Language International, via e-mail.
3. A entrega do Certificado de Formação Profissional é condicionada pela verificação da assiduidade nos termos do definido no presente Regulamento.
4. A entrega do Certificado de Formação Profissional, assim como o Certificado Internacional (quando se aplicar), fica condicionada, no caso de existirem pagamentos por regularizar pelo formando.
5. No caso de ultrapassar o limite de faltas, o formando obterá apenas uma Declaração de Frequência de Formação, com a indicação do número de horas que frequentou.
Procedimentos relativos a Sugestões e Reclamações

a) Sugestões
Para efeitos de receção de sugestões pelos nossos clientes, prevemos os seguintes meios:
• Ficha de avaliação da formação, a qual possui uma questão aberta que incentiva os formandos a deixarem as suas sugestões para melhoria da qualidade das ações futuras, bem como dos serviços prestados;
• Comunicação aberta com a nossa equipa por e-mail, telefone ou oralmente.
b) Reclamações
Qualquer reclamação poderá ser apresentada no Livro de Reclamações, o qual poderá ser solicitado à nossa equipa, sendo que este documento acompanha todas as nossas ações de formação. A apresentação de uma reclamação noutro formato poderá ser enviada, igualmente, para os nossos contactos, ao cuidado da Direção, com uma descrição pormenorizada e clara dos factos, tempo, lugar e circunstâncias em que ocorreram.
Se não integradas no Livro de Reclamações, a(s) reclamação(ões) deve(m) ser apresentada(s) no prazo máximo de 5 dias úteis após a ocorrência que motiva a reclamação. Sempre que se julgue necessário, iremos convocar a entidade/pessoa reclamante para uma reunião, no sentido de aceder à natureza da reclamação e posterior resolução. Compete à nossa Direção apreciar a reclamação e emitir um relatório e solução adequada à situação, apresentando a resposta ao reclamante no prazo de 10 dias úteis após a apresentação da reclamação.

Responsabilidades e deveres dos Agentes de Formação

– Gestora e Coordenadora de Formação

• Dinamiza a concretização do plano de atividades, planeando os projetos formativos a promover, em articulação com o formador interno.
• Recruta e seleciona novos formadores, quando tal se mostra necessário, em articulação com o formador interno.
• Dá resposta a solicitações ou pedidos de esclarecimento | de formação de entidades clientes.
• Gere toda a atividade formativa, cumprindo e fazendo cumprir os requisitos de Certificação da DSQA/DGERT, assim como os procedimentos definidos no nosso Manual da Qualidade da Atividade Formativa.
• Garante a revisão e atualização dos programas dos cursos, em articulação com o formador interno, tendo em conta a inovação e evolução da área e das orientações do Center for Body Language International.
• Gere a organização dos recursos didáticos e garante a sua validação pedagógica (equipamentos, textos de apoio e suportes audiovisuais e informáticos).
• Dá resposta a solicitações ou pedidos de esclarecimento dos formadores externos e formandos;
• Participa em reuniões em diferentes momentos com todos os interlocutores necessários para a implementação do projeto formativo;
• Reformula, se necessário e em articulação com o formador interno, estratégias formativas e/ou instrumentos de avaliação;
• Monitoriza o desenvolvimento do projeto formativo;
• Assegura todas as condições de realização da atividade formativa;
• Coordena todo o processo de avaliação do projeto formativo, incluindo a elaboração do relatório de avaliação.

Formador Interno e Formadores Externos
• Participam em reuniões ou contactam com a coordenação em diferentes momentos.
• Planeiam as sessões de formação.
• Ministram correta e adequadamente os conteúdos programáticos definidos, utilizando os métodos de ensino e o material didático adequado.
• Reformulam, conjuntamente com a coordenação e se necessário, estratégias formativas e/ou instrumentos de avaliação.
• Mantêm atualizados os registos do dossier técnico-pedagógico do curso assegurado.
• Informam a coordenação sobre o grau de aquisição de conhecimentos dos formandos e da sua aptidão.
• Cumprem rigorosamente o cronograma do curso e comunicam de imediato à coordenação qualquer situação de impedimento ou que exija alteração no cumprimento do cronograma aprovado, bem como o respetivo motivo.

Serviço de Atendimento
• Assegura o atendimento diário durante o horário de atendimento ao público: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, de 2ª a 6ª feira.
• Representa a nossa imagem, reencaminhando para a coordenação qualquer contacto estabelecido.
Disposições Finais

Os casos omissos no presente regulamento ou supervenientes serão decididos pela nossa Direção, respeitando sempre a legislação em vigor.

Versão Outubro/2014

Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. Mais informações

As definições de cookies no website está definido para"aceitar cookies" para ter uma melhor experiência possível na navegação. Se continuar a navegar sem alterar as definições ou se clicar em "Aceitar" está a consentir os seus dados.

Fechar